13.6.11

José Tolentino Mendonça (Para ler aos noviços)







PARA LER AOS NOVIÇOS





Deus não aparece no poema
apenas escutamos a sua voz de cinza
e assistimos sem compreender
a escuras perícias


A vida reclama inventários e detalhes
não a oiças
quando inutilmente perscruta as sequências
do seu trânsito


Só há um modo verdadeiro de rezar:
estende o teu corpo ao longo do barco
que desce silencioso o canal
e deixa que as folhas mortas do bosque
te cubram



José Tolentino Mendonça

.